BIZARRO

Homem mata jovem para realizar sonho de se tornar homicida

Jemma Lilley torturou e matou um jovem de 18 anos com síndrome de Asperger para concretizar o sonho de realizar um homicídio.

O desejo estava escrito na lista de tarefas a fazer antes dos 25 anos. O caso aconteceu em Perth, na Austrália.

Aaron Pajich foi estrangulado com um fio e quando este se partiu, a mulher esfaqueou-o três vezes.

O adolescente foi enterrado numa cova improvisada no jardim da casa.   O crime foi realizado com a ajuda da namorada, Trudi Lenon, com quem vivia.

O casal foi considerado culpado pelo tribunal em novembro do ano passado.

Durante a sessão de tribunal que decorreu esta quarta-feira, as mulheres foram sentenciadas a um mínimo de 28 anos de prisão.

No tribunal, o promotor James McTaggart revelou aos presentes que Lilley ficou “eufórica” após o homicídio. Segundo os advogados de acusação, a agressora desenvolveu um extremo fascínio por mortes e assassinos em série ao longo do tempo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.