POLÍTICA

“Mahamud Amurane constituía uma pedra no sapato do MDM” diz Analista

Após a morte do Presidente do Município de Nampula, Mahamudo Amurane, muitas teorias foram surgindo em torno dos mandantes.

Muitos estão apontando o dedo ao Movimento Democrático de Moçambique (MDM), partido que o malogrado ameaçou abandonar.

As alegações sobre o envolvimento do partido comandado por Daviz Simango, devem-se ao facto do mesmo não ter tido boas relações com o Amurane nos últimos meses.

Alguns membros do partido do Galo chegaram a fazer várias ameaças ao Malogrado, acusando-o de traição.

Loading...

Em comtacto com a Voz da América (VOA), o analista Francisco Matsinhe, considerou que o MDM pode-se considerar o principal beneficiário porque Mahamud Amurane constituía uma pedra no sapato para o partido.

“Pode-se dizer que o beneficiário directo desta morte é o MDM, que ficou sem pedra no sapato, mas este assassinato pode beneficiar também a Renamo e a Frelimo, porque Mahamudo Amurane não vai provocar  a dispersão de votos, nas próximas eleições autárquicas”, disse o analista Francisco Matsinhe, citado pela VOA.

Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.