POLÍTICA

Joaquim Chissano Reage ao Assassinato de Amurane: “É condenável”

O antigo presidente da República de Moçambique, Joaquim Alberto Chissano, também reagiu a morte de Mahamudo Amurane, presidente do Município de Nampula.

Chissano Condenou com veemência o assassinato macabro do Edil de Nampula.

“Nós estamos a dizer que não queremos violência de qualquer tipo. Mesmo que não fosse num dia como este, em que estamos a falar da paz, seria muito lamentável”, disse Chissano, citado pelo O PAÍS.

Loading...

Numa outra abordagem, o antigo estadista moçambicano disse que as divergências devem ser resolvidas de uma maneira pacífica.

“Nós temos um Estado de Direito Democrático. Quaisquer controvérsias que possam haver, não sei com quem ele (Mahamudo Amurane) tinha controvérsia, esta não é a maneira de resolver. Ninguém ganha com isso, é muito triste. É condenável, seja quem for que fez isso”, sentenciou.

Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. assuman abdul Rachid disse:

    Para mim nao acho nem um pouco valido sata atetude macabra estamos num pais cheo de disordem .
    Mas nao disse o meu muito obrigado

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.