Loading...

ÚLTIMA HORA!

ÚLTIMA HORA: FIR tomou as principais paragens de Maputo para evitar greve de chapas

A cidade de Maputo acordou com as principais paragens dos transportes semi-colectivos de passageiros, tomadas pela Unidade de Intervenção Rápida (FIR) na sequência de uma convocatória anónima para uma greve dos operadores de “chapa”, devido a subida do preço de combustível.

Por volta das quatro horas de hoje, a Unidade de Intervenção Rápida estacionou vários tanques da assalto nas principais paragens, enquanto as viaturas celulares circulavam nas principais rotas dos “semi-colectivos” e bairros, transportando agentes fortemente armados. Os tanques estão estacionados, na rotunda da 24 Julho, Praça dos Combatentes vulgo “Xiquelene”, Missão Roque, descampado da Base Aérea, Malhazine, Malhampsene, T 3, Santa Isabel entre outros pontos.

A greve sem rosto foi convocada por telemóvel por via da plataforma de mensagens instantâneas, o whatsApp onde está a circular um pedaço de papel A4 que tem a convocatória. “São avisados todos os transportadores semicolectivos para uma paralisação a ter lugar no dia 03/04/2007, de modo a pressionar o Governo a valorizar a actividade. Voltámos a operar se o governo deixar de mentir e pôr em prática a questão do subsídio ou a aprovação de reajuste de 20 meticais Matolo/Maputo e 15 meticais a nível local” lê-se na convocatória que começou a circular na noite de domingo por via do WhatsApp.

Loading...

17759881_1330920116977082_79165979591412216_n

A referida convocatória refere que “Todo o My Love que transportar será vandalizado, estes prejudicam a actividade, operam a luz do dia, isentos se qualquer obrigação fiscal e sem o pagamento de nenhuma taxa”. “My Love” refere-se as carrinhas de transporte de carga e de gado que na capital da República de Moçambique são usadas para transportar cidadãos, pela incapacidade do Governo em disponibilizar um serviço de transporte público.

17757164_1330919583643802_2867105505037117089_n

No mês passado, o Governo agravou os preços dos combustíveis. Com os aumentos, a gasolina passou dos anteriores 50,02 meticais para 56,06 meticais o litro, o gasóleo de 45,83 meticais para 51,89 meticais o litro.

Fonte: Canal de Moçambique

Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. Zacarias chauque disse:

    Podem até colocar aviões de guerra mas minha boca ninguém vai calar

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.