POLÍTICA

“Não tenho Medo de Morrer pela Minha terra…Querendo me assassinar, que me assassinem” diz Manuel de Araújo

Durante uma conferência de imprensa que concedeu na cidade de Quelimane, na província Central da Zambézia, na semana Passada. O Presidente do Conselho Municipal de Quelimane, Manuel de Araújo, falou sobre os assassinatos dos membros do maior partido da oposição da nossa Pérola do “Atum”.

O Edil de Quelimane disse não ter dúvidas que foi o Esquadrão da Morte que assassinou Jeremia Pondeca e outros membros do partido Liderado por Afonso Dhlakama.

Loading...

“Jeremias Pondeca foi assassinado pelos Esquadrões da Morte. Ha dias atrás, foi assassinado um Concidadão nosso em Gurué.

Não tenho Medo de Morrer pela Minha terra. Querendo me assassinar, que me assassinem, mas vou morrer Feliz, por que vou morrer por uma causa justa.”

 

Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

4 Comentários

  1. zito disse:

    boa notícia da moz

  2. AGE disse:

    Si for assim todos quadros que estão contra maldade do nosso pais vão acabar de morrer. Mas isso é por causa da democracia trazido pelo Dr.Afonso Dlakhama com método allah?

  3. Helder Hugo disse:

    Os membros da FRELIMO também tem sido assassinado, venham entrevistar os membros deste partido para também darem a sua opinião. Quando um membro da Renamo e morto é porque foi acção do tal esquadrão. E quando os da FRELIMO são dizimados de quem é a culpa? Alguma dificuldade em atribuir aos bandidos armados liderados por aquele que ja conhecemos?

  4. Carlos disse:

    Heheheheh…se fosse alvo…ja teriam te abatido…vai com calma

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.