POLÍTICA

“Governo continuará a garantir, através das FDS, a ordem e tranquilidade públicas” diz Paulo Auade

Falando na IV sessão da Assembleia Provincial de Tete, o Governador da província de Tete, Paulo Auade, disse estar desagradado pelos ataques que vem sendo perpetrados por homens armados do maior partido da oposição na nossa pérola do “Atum”, contra alvos civis, avançou a Agência de Informação de Moçambique (AIM).

“Lamentamos informar que a nossa província ainda sofre ataques, concretamente no povoado de Chibaene, distrito de Tsangano, e nos povoados de Nkondedzi e Monjo, em Moatize, onde homens armados da Renamo atacam alvos civis e realizam emboscadas a viaturas das Forças de Defesa e Segurança (FDS) e de particulares, incluindo da comunicação social e da saúde”, disse Auade, citado pelo AIM.

Auade disse que as acções dos comandados por Afonso Dhlakama comprometem a livre circulação de pessoas e bens, e desencorajam o investimento nacional e estrangeiro.

“Isto tudo só vem atrasar o desenvolvimento económico e social da nossa província e do país, no geral”, acrescentou.

O governador disse não perceber por que razão a Renamo continua a semear luto e a destruir bens conquistados com muito sacrifício, numa altura em que decorre o diálogo político entre este movimento e o governo, com a presença de mediadores/facilitadores internacionais.

“Mais uma vez repudiamos esta acção belicista da Renamo e do seu líder. Apelamos, igualmente, para que cessem os assassinatos e os ataques a hospitais, sedes dos postos administrativos e localidades pois isso tem causado dor e luto nas famílias e nas comunidades”, disse.
Contudo, segundo o governador, enquanto não cessarem as hostilidades, o Governo continuará a garantir, através das FDS, a ordem e tranquilidade públicas. Devemos todos, para o bem da Paz e consolidação da nossa democracia, redobrar a vigilância e denunciar os indivíduos que perturbam a ordem e tranquilidade públicas às autoridades policiais para aplicarem medidas de acordo com a lei, apelou.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.