POLÍTICA

PRM acusa Homens Armados da Renamo de terem roubado 55 cabeças de gado em Manica

A Polícia da República de Moçambique (PRM), ao nível da província de Manica, centro do país, acusou ontem, segunda-feira (29), os Homens Armados da Renamo de terem furtado 25 cabeças de gado bovino e 30 de gado caprino no povoado de Joconhia, em Garagua, distrito de Mossurize, além de bloqueio de várias vias de acesso, que usam como “corredores de saques”, avançou a Voz da América (VOA).

“A Renamo, maior partido da oposição, retirou no sábado dos curais de criadores o gado bovino e caprino naquele povoado do interior de Manica – e favorável à oposição “, disse Elsidia Filipe, porta-voz do comando da Polícia da República de Moçambique ao nível da província de Manica, citado pela VOA.

Durante a conferência de imprensa semanal, a porta-voz da Polícia disse que a corporação está a trabalhar para devolver os animais aos legítimos proprietários.

“São bens que estavam na posse ilícita desses homens, retirados de diversos cidadãos que residem naquele ponto e vamos entregá-los aos legítimos proprietários”, centenciou a responsável.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.