POLÍTICA

Homens Armados da Renamo mataram 7 pessoas em 18 ataques

Nas últimas duas semanas, os homens armados do maior partido da oposição no país efetuaram cerca de dezoito ataques contra alvos civis e militares na região centro da nossa pérola do índico, tendo resultado na morte de sete pessoas, uma das quais de nacionalidade filipina, avançou porta-voz do Comando-geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), Inácio Dina.

Segundo avançou a Rádio Moçambique, Dina considera crítica a situação, numa altura em que se intensificam acções para o diálogo entre o Presidente da República e o líder ad Renamo, Afonso Dhlakama.

O porta-voz do Comando-geral da acrescentou que a presença das forças armadas foi reforçada para garantir a ligação entre os diferentes pontos do País.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. meno disse:

    duma, quantas pessoas q voce matou atraves dos teus homes? em gorongoza stao tentar matar jakama sem suceso, conta tambem membros da renamo q tao a matar se es justo, nao ponta otro dedo antes de ti proprio, joao massango, macuana, e outros contalà brada

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.