Loading...

POLÍTICA

“Eu julgo que o edil de Lichinga deve renunciar o cargo…é um cadastrado” diz Egídio Vaz

Durante o programa noite informativa da terça-feira passada (24), o historiador e comentador residente daquele programa, Egídio Vaz, sugeriu que o presidente de Município de Lichinga, Saíde Amido, se demitisse do cargo.

Vaz alegou que Amido não tem condições políticas para continuar a exercer o cargo de Edil daquela autarquia.

“Eu julgo que o edil deve definitivamente renunciar o cargo, não tem condições políticas para continuar. Se ele é um profissional, deve voltar a fazer o que sabe fazer.

Loading...

Não é um bom servidor público, é um cadastrado. Não queremos lançar alguns paninhos quetes” disse Egídio Vaz.

Numa outra abordagem, o historiador louvou a atitude do Sistema da justiça moçambicana pela atitude.

“Eu encorajo nesse momento o sistema da justiça para que continue a plugar dentro do aparelho do estado, pessoas semelhantes a ele ou piores. Quero lhe desejar a sorte em outras actividades, por como servidor público chumbou”, sentenciou Vaz.

Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. CHARLOT disse:

    E o maluco gubuza tmbem tem k ser morto o catuno so asassino os outros e ja aboreceu o país este catuno.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.