POLÍTICA

PRM garante que não vai tolerar marcha ilegal

O comunicado sobre a Manifestação pacífica programada para os próximos dias 29 a 30 do presente mês, que circula nas redes sociais, já chegou nas mãos da Polícia da República de Moçambique.

As autoridades moçambicana lançaram um alerta aos promotores do comunicado. Assegurando que não irá tolerar qualquer tipo de manifestação ilegal.

“A Polícia encontra-se a trabalhar e está pronta para reprimir qualquer marcha ilegal que possa pôr em causa a ordem pública”, disse Orlando Mudumane, porta-voz da PRM ao nível da cidade de Maputo.

Segundo o comunicado que circula nas redes sociais, a manifestação será em todo território nacional. Os manifestantes irão reivindicar a prisão das pessoas que endividaram o país, o fim da crise política e militar, entre outros pontos.

O porta-voz da PRM na cidade de Maputo garantiu que a corporação está pronta para garantir a ordem e segurança, condenando as pessoas que “usam as redes sociais para alimentar intrigas”.

“A polícia condena, veementemente, estes indivíduos que estão a alimentar boatos e desordem pública”, sentenciou o porta-voz da PRM.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.