POLÍTICA

Sobe para 4 o número de viaturas atacados pela Renamo

Subiu para 4 o número de viaturas atacadas pelos homens armados da Renamo na manhã desta quinta-feira, no troço Rio Save-Muxungúe, na província de Sofala.

A acusação é do chefe do posto administrativo de Muxungúe que se encontrava numa das viaturas atacadas pelos comandados por Afonso Dhlakama.

Importa referir, que um dos carros atacados pertencia ao Ministério da Saúde. Até ao momento não se sabe se houve vítimas mortais.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.