Loading...

POLÍTICA

Homens armados da renamo assassinam chefe de povoação, em Gorongosa

Supostos homens armados da Renamo assassinaram a sangue Frio na madrugada de ontem, 3ª Feira, o chefe da povoação de Muziwangunguni, no distrito de Gorongosa, província de Sofala, centro do país. O malogrado respondia por Paulo Tomo José.

Segundo avançou a Televisão de Moçambique, os homens armados da Renamo agora a monte usaram arma de fogo para tirar a vida de Paulo Tomo José de 63 anos na presença da sua esposa e filhos.

Loading...

De acordo com a viúva, os três indivíduos disparam três tiros, tendo um atingido no tórax, outro na cabeça e o ultimo no braço do malogrado que veio perder a vida momentos depois.
“Chegaram aqui três soldados da Renamo fardados e munidos de armas de fogo, duas do tipo pistola e outra ak-47 a chamar por Paulo. Depois de pedirem licença por várias vezes sem ser atendidos, pegaram num pau e arrombaram a porta. Logo que entraram, depararam-se comigo, deram me varias bofetadas e ponta pés. Quando meu marido viu que eu estava a ser maltratada, saiu de baixo da cama onde estava escondido e veio acudir-me. Dai deram lhe três tiros, no tórax, cabeça e braço e ele caiu no chão”, disse a viúva citado pela TVM.

Paulo Tomo Jose deixa viúva e quatro filhos menores, sendo a mais velha de 10 anos de idade e o ultimo de 1 ano e dois meses de vida.

Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. sera ate quando podemos ser livre

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.